Para correcta visualização do blog recomenda-se uso de Firefox, Safari ou Chrome (i.e., qualquer browser excepto IE)

31 May 2012

A propósito… mais grego antigo

Em 1998 foi a leilão o códice que passou a ser conhecido como o palimpsesto de Arquimedes. Adjudicado por dois milhões de dólares por um comprador particular que ainda permanece anónimo, o «dirty old book» foi depositado no Walters Art Museum (Baltimore, Maryland) nas mãos de William Noel, o responsável pelo departamento de Manuscripts and Rare Books. (Noel tem um blog chamado Parchment and Pixels)

A Importância do códice era já conhecida desde 1906, quando o filólogo e classicista dinamarquês Johan Ludvig Heiberg (1854–1928) descobriu que, sob o texto grego das orações da Igreja Ortodoxa escrito em 1229, se encontrava outro — da segunda metade do século X —  com um texto perdido de Arquimedes.

Além deste, foram entretanto identificados outros textos desconhecidos ou perdidos de Arquimedes e de Hipérides, e Comentários também desconhecidos à obra de Aristóteles, Categorias.

A fantástica história do tratamento a que o códice foi sujeito para permitir a recuperação da scripta inferior pode ser vista neste video apresentado por  William Noel numa das sessões das TEDTalks de Abril passado.
video

Toda a informação sobre o códice, o tratamento a que foi submetido, imagens digitais dos fólios e textos pode ser vista no site do projecto The Archimedes Palimpsest. Os interessados podem ainda aceder aos dados textuais, livremente disponibilizados aqui.

No comments:

Post a Comment